O Desafio do Passinho como uma estratégia pedagógica

Relato de Experiência

Autores

  • Hugo Silva de Oliveira UERJ

Palavras-chave:

dança, passinho, funk, escola, educação

Resumo

O Desafio do Passinho é um concurso de dança em um formato teórico-prático, direcionado como estratégia pedagógica para unidades escolares e instituições educativas que atendam ao público infantojuvenil localizadas em áreas circunscritas por favelas, territórios marginalizados e regiões periféricas. A aplicabilidade da proposta se baseia nas leis 10.639/03, 13.278/16, na BNCC. A finalidade é promover a aprendizagem e contribuir no sentido de dirimir as dificuldades enfrentadas pelo professor nos processos de alfabetização, distorção idade/ano de escolarização, socialização, experiências estéticas e de reconhecimento de suas potencialidades, utilizando o ritmo do Funk como forma de expressão corporal e sociocultural afro-brasileira. O trabalho é um relato de experiência com bases teóricas e uma metodologia própria ao desenvolvimento da estratégia.

Referências

ALMEIDA, S. L. de. Racismo estrutural / Silvio Luiz de Almeida. IN: RIBEIRO, D. (org.) Feminismos Plurais. São Paulo: Sueli Carneiro; Pólen; 2019. 264 p.

ASSIS, T. S; ROCHA, L. V. Referências Culturais Para uma Pedagogia da Dança. Salvador: UFBA, 2017.

AZEVEDO, C. M. M. de. Onda negra, medo branco: o negro no imaginário das elites . Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1987.

BRANDÃO, C. R. O que é educação. 19. ed. São Paulo: Brasiliense, 1985.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília, 2019.

________. Lei de 15 de outubro de 1827. Manda criar escolas de primeiras letras em todas as cidades, vilas e lugares mais populosos do Império. Coleção das Leis do Império do Brasil de 1827 – primeira parte, Rio de Janeiro, Tipografia Nacional, 1878.

________. Lei 10.639/2003, de 9 de janeiro de 2003. Altera a Lei no 9. 394, de 20 de dezembro de 1996. Diário Oficial da União, Poder Executivo, Brasília.

________. Lei 13278/2016, de 2 de maio de 2016. Altera a Lei no 9. 394, de 20 de dezembro de 1996. Diário Oficial da União, Poder Executivo, Brasília.

________. Parâmetros curriculares nacionais: arte. Brasília: MEC/SEF, 1997b. ________. Parâmetros curriculares nacionais: introdução aos parâmetros

curriculares nacionais. Brasília: MEC/SEF, 1997a.

CANDAU, V. M. A didática e a formação de educadores- Da exaltação à negação: a busca da relevância. In: CANDAU, V. M. (Org.) A didática em questão. 36 ed.Petrópolis: Vozes, p.13-75, 2014.

CIEDS. Traçado Metodológico: um caminho percorrido. Projeto Bairro Educador. Programa Escolas do Amanhã. Rio de Janeiro: CIEDS, 2013. Disponível em: https://www.cieds.org.br/docs/tracado-metodologico.pdf. Acesso em: 5 set. 2017.

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. 17a ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987. GARDNER, H. inteligencias multiplas: a teoria na prática / Howard Gardner;

trad. Maria Adriana Veríssimo Veronese - Porto Alegre: Artes Médicas, 1995.

GOMES, N. O Movimento Negro e a intelectualidade negra descolonizando os currículos. IN: BERNARDINO-COSTA, J.; MALDONADO-TORRES; N.;

GROSFOGUEL, R. (org.). Decolonialidade e pensamento afrodiaspórico. São Paulo: Autêntica, 2020. p. 244.

GUARÁ, I. M. F. R. É imprescindível educar integralmente. Cadernos Cenpec Pesquisa e ação educacional. v.1. n. 2. 2006. Disponível em: http://cadernos.cenpec.org.br/cadernos/index.php/cadernos/article/view/168 . Acesso em: 5 set. 2017.

MARTINS, G. Jornal O Globo. 11 de nov. 2015. Disponível em:

https://blogs.oglobo.globo.com/blog-do-moreno/post/o-grito-de-socorro-da-mu lher-favelada.html. Acesso em: 12 de jan de 2022

NASCIMENTO, I. O racismo estrutural na escola e a importância de uma educação antirracista. Cepec, 11 de nov. de 2020. Disponível em: https://www.cenpec.org.br/noticias/o-racismo-estrutural-na-escola-e-a-import ancia-de-uma-educacao-antirracista) Acesso em: 11 de jan de 2022.

OLIVEIRA, A. Diretora da Escola Municipal Estados Unidos. O Desafio do Passinho: Uma Forma de Expressão Corporal e Sociocultural. Youtube, 11 de dez.2012 Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=ggDH2IvNEBk>. Acesso em: 07 de jan. 2022.

PETIT, S. H. Pretagogia: Pertencimento, Corpo - Dança Afroancestral e Tradição Oral na Formação de Professoras e Professores - Contribuições do Legado Africano para a Implementação da Lei no 10.639/03. Fortaleza: EdUECE, 2015.

REIGOTO, G. Coordenadora Pedagógica da Escola Municipal Catumbi. O Desafio do Passinho: Uma Forma de Expressão Corporal e Sociocultural. Youtube, 11 de dez.2012 Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=ggDH2IvNEBk>. Acesso em: 07 de jan. 2022.

RIBEIRO, D. Pequeno manual antirracista. 1a ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2019.

SOUZA, A. L. S. Letramentos de Reexistência: culturas e identidades no movimento hip-hop. 2009. [s.n.]. Tese (Doutorado em Linguística Aplicada) - Universidade Estadual de Campinas, Campinas - São Paulo, 2009.

STS, J. Aluno da Escola Municipal Benjamin Constant, O Desafio do Passinho - E.M Benjamin Constant. Youtube, 05 de maio de 2019 Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=xWJsB2tgf0g&t=37s>. Acesso em 07 de jan. 2022.

Downloads

Publicado

17/11/2022

Como Citar

OLIVEIRA, H. S. de . O Desafio do Passinho como uma estratégia pedagógica: Relato de Experiência. Revista Trilhos, Santo Amaro, Bahia, v. 3, n. 1, p. 210–227, 2022. Disponível em: https://revistatrilhos.com/home/index.php/trilhos/article/view/95. Acesso em: 28 nov. 2022.

Edição

Seção

Dossiê Práticas sonoro-musicais: raças, gêneros e conexões comunicacionais