Um Corpo Rexistente

a gira poética de Giovani Cidreira

Autores

  • Jeder Silveira Janotti Junior UFPE
  • Tobias Arruda Queiroz UERN
  • Victor de Almeida Nobre Pires UFAL

Palavras-chave:

Escuta Conexa, Gira poética, Corporeidades negras

Resumo

Inspirados na mais recente obra fractal de Giovani Cidreira, que também assina como GIO, composta pelo álbum musical e álbum visual Nebulosa Baby e a websérie Nebulosa, disponíveis no YouTube, articulamos os conceitos de gira poética e corporeidade musical para melhor adensar o entendimento de escuta conexa, acionando elementos do corpo e da corporeidade de GIO. Nossa metodologia heurística estabelece esses produtos audiovisuais como ponto de partida para refletirmos sobre as possibilidades de ampliação do processo da escuta. A gira poética é a (re)invenção de corporeidades, assinaturas e processos poéticos através de narrativas audiovisuais que conjuram a ideia de uma trajetória artístico-musical. Concluímos afirmando o quanto o trabalho de GIO potencializa tecnosubjetividades a partir da gira poética, acionando-as a partir de elementos raciais, geopolíticos e aquilombamentos, disponibilizando o axé, ou seja, a potência como reinscrição de corporeidades negras.

Referências

ARGÔLO, Marcelo; GUMES, Nadja Vladi. A cor desta cidade sou eu: ativismo musical no projeto Aya Bass. Eco-Pós, Rio de Janeiro, v. 23, n. 1, p. 219–238, 2020.

EMICIDA. In: AmarElo (Sample: Sujeito de Sorte – Belchior). Rio de Janeiro: Sony Music, 2019. Faixa 10. Álbum digital.

GUTMANN, Juliana Freire. Audiovisual em rede: derivas conceituais. Belo Horizonte: Selo PPGCOM/UFMG, 2021.

JAJI, Tsiti Ella. Africa in stereo: modernism, music, and pan-Africanism solidarity. New York: Oxford University Press, 2014.

JANOTTI JR., Jeder. Gêneros musicais em ambientações digitais. Belo Horizonte: Selo PPGCOM/UFMG, 2020a.

JANOTTI JR., Jeder. Reconfigurações do pop e o lugar da escuta conexa em ecossistema de mídias de conectividade. In: PEREIRA DE SÁ, Simone; AMARAL, Adriana; JANOTTI JR., Jeder (Org.). Territórios afetivos da imagem e do som. Belo Horizonte: Selo PPGCOM/UFMG, 2020b. p. 23-40.

JANOTTI JR, Jeder; QUEIROZ, Tobias Arruda. Deixa a Gira Girar: as lives de Teresa Cristina em tempos de escuta conexa. Galáxia, São Paulo, n. 46, p. 1-17, e50973, 2021.

HARAWAY, Donna. Manifesto Ciborgue: ciência, tecnologia e feminismo-socialista no final do século XX. In: TADEU, Tomaz (Org.). Antropologia do Ciborgue: as vertigens do pós-humano. Belo Horizonte: Autêntica, 2013.

HADDOCK-LOBO, Rafael. Os Fantasmas da Colônia. Rio de Janeiro: Ape ́Ku, 2020.

PEREIRA DE SÁ, Simone; VECCHIA, Leonam Dalla. O álbum visual Kisses e a construção da star persona de Anitta. In: PEREIRA DE SÁ, Simone; AMARAL, Adriana; JANOTTI JR, Jeder (Org.). Territórios afetivos da imagem e do som. Belo Horizonte: Selo PPGCOM/UFMG, 2020. p. 65-90.

PIRES, Victor Nobre de Almeida; JANOTTI JR, Jeder. “Alive Online”: a ecologia das lives musicais no YouTube em Tempos de Pandemia. E-Compós, Brasília, [ahead of print, p. 1-26], 2021.

ROSE, Nikolas. Inventando nossos selfs: psicologia, poder e subjetividade. Petrópolis: Vozes, 2011.

RUFINO, Luiz. Pedagogia das encruzilhadas. Rio de Janeiro: Mórula Editorial, 2019.

SILVA, Melina Santos. O que significa descategorizar o gênero musical? Revista Hodie, Goiânia, n. 21, e66600, 2021.

SIMAS, Luiz Antonio. O corpo encantado das ruas. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2019.

SIMAS, Luiz Antonio; RUFINO, Luiz. Fogo no mato: a ciência encantada das macumbas. Rio de Janeiro: Mórula, 2018.

SIMAS, Luiz Antonio; RUFINO, Luiz. Flecha no tempo. Rio de Janeiro: Mórula, 2019.

SIMAS, Luiz Antonio; RUFINO, Luiz. Encantamento: Sobre Política de Vida. Rio de Janeiro: Mórula Editorial, 2020.

SODRÉ, Muniz. Pensar Nagô. Petrópolis: Vozes, 2017.

Downloads

Publicado

17/11/2022

Como Citar

JANOTTI JUNIOR, J. S.; QUEIROZ, T. A.; PIRES, V. de A. N. Um Corpo Rexistente: a gira poética de Giovani Cidreira. Revista Trilhos, Santo Amaro, Bahia, v. 3, n. 1, p. 174–193, 2022. Disponível em: https://revistatrilhos.com/home/index.php/trilhos/article/view/93. Acesso em: 28 nov. 2022.

Edição

Seção

Dossiê Práticas sonoro-musicais: raças, gêneros e conexões comunicacionais